segunda-feira, julho 28, 2008

Conto de Fadas de Sintra a Lisboa

Ele era um cavalheiro
Todo ele transpirava elegância
Ela era gata borralheira
Tivera que limpar a sua infância

Ele velejava no verão
E esquiava no inverno
Ela trabalhava ao balcão
De um qualquer estabelecimento moderno

Ele gostava de reluzir em si
O estilo da capital
Ela já não conseguia distinguir as cores
Da bandeira nacional

Ele tinha entre os seus títulos
Uma futura ordem do infante
Ela achava o levantar do dedo mindinho
Algo deselegante

Mas ele um dia curvou-se a seus pés

E ela passou a ocupar o tempo
A descobrir o que era a cultura
E ele confinou-se aos seus aposentos
E descobriu a costura

Ela quis poder entender o universo
E começou a ler Platão
E ele resolveu perceber o que era a justiça
Em frente à televisão

A ele de nada lhe valeu a aparência
Nem a casa no largo do rato
Porque ela sabia que era cinderela
E enganou-o com um sapato

Ele que um dia fora príncipe
Agora rendia-se à evidência
Com mulheres que calçam o quarenta
É melhor revelar prudência

Hoje ele ainda beija os seus pés

(Os Pontos Negros)

Conto De Fadas De Sintra A Lisboa - Os Pontos Negros

Etiquetas:

9 Comments:

Blogger Rui Gonçalves said...

Nuno,

Desculpa-me! Mas estes tipos - os pontos negros - são a pior m**** que já apareceu na música portuguesa desde que há memória (minha).

Obviamente é uma opinião pessoal (minha), mas na verdade ainda não vi o que é que eles têm de especial. Um vocalista que não sabe cantar? Ou o facto de não terem nada de original?

Poupa-me!

Abraço
Rui

10:17 da tarde  
Blogger Nuno Guronsan said...

Ao contrário do que se diz, gosto imenso de discutir gostos. Dou-te alguma razão ao achar que os Pontos Negros não trazem, de facto, com eles muita originalidade. Isto são terrenos mais que batidos. Gosto desta música pela piada da letra e porque é uma boa companhia de verão.

Quanto a serem a pior merda que alguma vez apareceu na música portuguesa, discordo e muito, Rui. Há coisas bem piores e nem sequer preciso de recorrer ao campo da chamada canção ligeira.

Enfim, aguardo reply. :)

Abraço.

10:27 da tarde  
Anonymous Gipsypunk said...

Concordo com ambos, acho que têm os dois razão no que dizem. De facto parece-me que os Pontos Negros são uma banda bastante limitada mas que têm (bastante) mérito em terem atingido um certo sucesso apesar do limitado talento que possuem...
será que, de facto, não têm nada?

Além disso, acho que a letra que transcreves tem alguns erros:

onde se lê «e dele transpirava elegância» julgo que devia ler-se «todo ele transpirava elegância»

onde se lê «Ele tinha em vista imensos títulos» julgo que devia lêr-se «Ele tinha entre os seus títulos»

onde se lê «Ela achava o levantar do chá com o dedo mindinho» devia ler-se só «Ela achava o levantar do dedo mindinho»

onde se lê «Ela quis vir a entender o universo» devia estar «Ela quis poder entender o universo»

onde se lê «A ele de nada lhe valeu a carência» devia ler-se «A ele de nada lhe valeu a aparência»

onde se lê «Ele queria ir à presidência» devia lêr-se «Ele que um dia fora príncipe»

onde se lê «Ele vai revelar prudência» devia lêr-se «É melhor revelar prudência»

Bem, e acho que é tudo...
não que assim faça mais sentido, mas acho que a letra é, de facto, assim.

Abraço

11:13 da tarde  
Blogger Fábio said...

Achas que me consegues arranjar essa musica? se conseguires o meu e-mail é C00lboy@hotmail.com

10:05 da tarde  
Anonymous Rúcula said...

A letra está cheia de erros! Bem corrigido, Gipsypunk. Nuno! Muda aí a letra ;P

Agora, sobre os pontos negros: São a segunda melhor merda que apareceu na música em portugal desde os pluto, melhor só mesmo 2008 (são amigos dos PN no myspace) :D

10:00 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

pior merda que apareceu?? para mim mas é uma banda bem porreira, pelo menos do que ja ouvi. eu que nem costumo ouvir musicas portuguesas não me farto de ouvir esta.

de certeza que ouvem musicas inglesas que têm uma letra com muito menos sentido do que esta...

e pelo que já disseram são opiniões e gostos...

1:35 da tarde  
Anonymous joao pedro jesus said...

bem, não são originais, não trazem a perfeição musical, mas musica é entertenimento, é ouvir e sorrir...creio que pior merda, revela alguém que não ouve muita coisa, e sim, os gostos não se discutem, mas permitam-me a questão, o que para vocês é bom?...

3:22 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Eu acho que os pontos negros são bastante originais e agradáveis de ouvir. Tudo bem, o vocalista nao é o melhor cantor de sempre, mas é melhor do que muitos que andam por ai, e que se intitulam cantores de qualidade. E como o joao pedro jesus disse, a musica e para se ouvir e apreciar todos os aspectos dela. Eu gosto bastante dela, e acho os pontos negros uma banda muito corajosa por ser original num campo musical muito pouco explorado pelos portugueses hoje em dia. por isso, merda, nao, meus amigos longe disso! Agradavel e simplesmente divertida de ouvir, sim!E como mais uma vez, o meu amigo joao pedro jesus disse, os gostos nao se discutem, mas para dizerem que e a pior merda, so indica que devem gostar ou de toni carreira, ou de bandas dos morangos ou ate demusica pimba, ou simplesmente acham que musica de bairro feita por chungas que nao têm mais nada na vida pra fazer do que beber e inventar rimas estupidas e o melhor exemplo musical de portugal que temos para oferecer, entao meus amigos tenho pena de voces!

6:19 da tarde  
Blogger Pepe444 said...

Simples quem não gosta não ouve!

Cada um tem os seus gostos portanto nao vou tar aqui a discutir eu gosto, por isso oiço
Pra mim sao uma das melhores bandas actuais aqui em PORTUGAL.

3:40 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home