quinta-feira, fevereiro 28, 2008

Dois Dias


Corre mil ruas
Num canto da tua casa
Dança como um peixe
Que um dia sonhou ter asas

Corre mil ruas
Num canto da tua casa
Dança como um peixe
Que um dia sonhou ter asas
Traça o teu caminho
A tinta flurescente
Traça o teu caminho
Nas páginas de um livro de prova inteligente

Sai p'rá rua
Grita alto
Guarda o que és
Vende o resto em saldos

A vida são dois dias
Vive um de cada vez
O tempo corre rápido meu
A pensar no que não se fez
Sempre é mais que certo
Como dois e dois são três
Amanhã já cá não estás
Já passou a tua vez
Já passou a tua vez

Sai p'rá rua
Grita alto
Guarda o que és
Vende o resto em saldos

Quando é que vais aprender
Que não há muito mais pra saber
Já é o que está p'rá vir
É isso que tens de descobrir
Pouca terra, tanta terra
À muito que a viagem começou
Mas se queres perder o comboio
Tudo bem, eu já cá não estou

Tanta terra...

Sai p'rá rua
Grita alto
Guarda o que és
Vende o resto em saldos

(Cool Hipnoise)

Etiquetas:

2 Comments:

Blogger Patricia said...

Outro hino ao Carpe Diem.
Apesar da ideia já estar um pouco batida, nunca é demais sermos relembrados que "o tempo corre rápido meu, a pensar no que não se fez".

*****

9:28 da tarde  
Blogger Nuno Guronsan said...

E esta "cruzou-se" comigo logo pelas nove e pouco da manhã... Diz lá que não é uma boa maneira de começar uma folga?

Beijo.

9:30 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home